tunel.jpg

Durante o Encontro de Hoteleiros e Responsáveis de Casas Religiosas, no passado dia 9 de fevereiro no santuário de Fátima, o padre Carlos Cabecinhas falou sobre a construção do túnel na Avenida D. José Alves Correia da Silva. A obra está a decorrer na zona fronteira ao Santuário, consignada a 23 de maio de 2011 com o prazo de execução de 540 dias.


“A obra do túnel tem um grande impacto para os peregrinos que visitam Fátima, mas também o tem para os que diariamente cá vivem, por isso, pedimos a compreensão de todos, porque se trata de uma obra necessária”, afirmou.


“Temos clara consciência do enorme incómodo que causam as obras e estamos a fazer tudo para que se cumpram os prazos. Estamos a envidar todos os esforços para que aquela intervenção não demore mais tempo que o necessário”, acrescentou.


Com a construção do túnel, os peregrinos passarão a ter acessibilidade direta entre o Centro Pastoral de Paulo VI, os parques envolventes e o Recinto do Santuário, à superfície, sem quaisquer barreiras, já que o trânsito automóvel passará a ser feito a nível do subsolo, pelo túnel.